NÃO, OBRIGADO. E NÃO INSISTA.




Acredito que você não seja como eu (que bom rss), mas já deve ter notado uma certa diferença no modo como pensava antes do início da pandemia e como pensa hoje.


Após quase 2 longos anos de pandemia, tivemos que nos adaptar a muitas coisas como: não viajar, isolamento social, trabalhar em homeoffice, passar mais tempo com a família, dentre outras atividades.


Pois bem, durante essa fase em que a maioria de nós esteve em casa a contragosto, uma coisa aconteceu: redefinimos nosso modo de gerir o tempo.


Em nossas casas temos a liberdade que antes não tínhamos: vestir-se confortavelmente para trabalhar, fazer mercado e outras compras via aplicativo, além de não precisarmos mais encarar longos congestionamentos para chegar ao trabalho.


A verdade é que aprendemos muito bem - como nunca antes - a dizer “NÃO obrigado” e “por favor não insista” para coisas e atividades que minam nosso tempo.


Por mais que metodologias de produtividade sejam importantes para desenvolver e melhorar nosso gerenciamento de tempo, a verdade é que aprendemos muito mais na prática do que apenas na teoria o estabelecimento de prioridades.


Agora, pensamos muito bem antes de aceitar convites para atividades que resultem em experiências medianas, menos prazerosas do que o Netflix, como, por exemplo, ir até ao shopping loado no domingo, onde encontrar uma vaga de carro é uma tarefa tão árdua que faz com que qualquer pessoa no mínimo perca a "paciência".


Muito ainda virá: desafios, inovações e quem tiver visão a longo prazo, saberá renunciar o bom pelo excelente.


Esta década será extraordinária! E nesse processo de contínuo desenvolvimento global, constância e perseverança serão imprescindíveis para o sucesso.


#gestaodetempo#prioridades#gestaodepessoas#futuro#produtividade#motivação

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo